Prefeitura entrega escrituras do Uninorte

Quatro empresas receberam as escrituras.

A Prefeitura de Piracicaba efetiva a doação de áreas do Uninorte. No total, quatro empresas estão em processo de lavratura definitiva para a doação dos terrenos. Neste sábado, na sede da empresa Ananda Metais, acontecerá o evento de entrega das escrituras, com a participação do prefeito Barjas Negri, secretários e empresários.

Com a conquista, será possível para a Prefeitura analisar o cumprimento das doações das áreas e outorgar a escritura definitiva de cada empresa. “Este registro era muito aguardado pelos empreendedores locais. O processo vem desde 2001, quando da criação do distrito. E agora, será possível buscar o registro definitivo”, destacou o procurador geral do Município, Milton Sérgio Bissoli.

Conforme informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Semdec) o Uninorte conta com 76 empresas instaladas, sendo 55 em funcionamento, com geração acima de 3 mil empregos. As doações de lotes se referem à Lei 4.020/95 de proporcionar incentivos e serviços ao desenvolvimento industrial e comercial de Piracicaba.

De acordo com o secretário da Semdec, Pedro Cruz, as empresas que cumpriram o cronograma estão recebendo a escritura do terreno. “Isso facilita a ação empresarial”, disse. Ele também salientou que o Uninorte é um distrito industrial bem consolidado, sendo “um dos melhores e mais bem cuidados”, destacou.

Em 2009, a Prefeitura, por meio do Departamento de Controle e Fiscalização da Secretaria Municipal de Obras (Semob), concedeu alvará para o distrito industrial Uninorte. O loteamento também recebeu licença de instalação da Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb). Estas licenças, somadas ao registro de imóvel, permitem o desenvolvimento da região, pois regularizam a área.

HISTÓRICO – Surgido em 2001, o distrito industrial Uninorte é fruto de uma parceria público privada. Enquanto as administrações municipais promoviam melhorias, como a reestruturação de rodovias e anéis viários, o novo distrito destinava boa parte de seus recursos para obras internas de infraestrutura que valorizavam ainda mais o investimento, atraindo novas empresas.

Além de pavimentação asfáltica e estação autônoma para tratamento de esgoto, o distrito dispõe também de redes de água e energia elétrica adequadas. Em agosto de 2006, foi denominado oficialmente de Distrito Industrial Norte Comendador Mario Dedini.

Hoje, as empresas associadas situam num distrito estrategicamente localizados junto ao Anel Viário, interligando o Uninorte às principais rodovias que unem Piracicaba às cidades da região e às vias de escoamento de produção, como as Rodovias Anhanguera e a dos Bandeirantes.

De acordo com dados do site da Uninorte, para manter este ritmo de crescimento, “os investimentos são constantes, somando algo em torno de R$170 milhões, aplicados em melhorias e projetos de revitalização que garantiram, no período de 2004 a 2007, uma taxa de ocupação superior a 80%”.

‹ voltar